Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de agosto de 2007

Seitas no mundo

Conceito e líderes

Grupos religiosos organizados que, em geral, surgem como facção dentro de uma religião já instituída e, opondo-se a ela, tornam-se um ramo independente. Em sua evolução, algumas seitas se transformam em igrejas, na medida em que se inserem na sociedade.

Um grupo religioso é caracterizado como seita no momento em que seus membros começam a crer apenas nos preceitos pregados por seu líder, alienando-se de tudo a seu redor. Os fundadores das seitas oferecem a seus seguidores uma nova filosofia de vida, maneiras de salvar o mundo e meios para melhorar o potencial individual, prometendo realizações bastante próximas da realidade dos fiéis - o que explica o aparecimento de um grande número delas atualmente. Em geral, elas se baseiam na interpretação literal dos textos sagrados da igreja à qual pertenciam, têm caráter messiânico e missionário e condenam o sistema político, religioso, social e cultural vigente. Seus membros vivem em comunidades fechadas ou com ligações mínimas com os que não compartilham suas crenças.

Nos últimos anos tem crescido o número de seitas apocalípticas, que pregam que o fim do mundo está próximo. Grande parte delas aguarda a intervenção divina para acabar com o planeta. Outras preferem agir por conta própria, instigando seus membros a suicídios coletivos e atentados terroristas, como ocorreu com o Ramo Davidiano, a Ordem do Templo Solar, o Templo do Povo, a Heaven's Gate e a Aum Shinrikyo.

Calcula-se que o total de seguidores de seitas no mundo chegue a 100 milhões. No Brasil, não há estatística sobre a quantidade de adeptos, mas estima-se que existam cerca de cem seitas. Uma das mais conhecidas é a do Santo Daime.

Ramo Davidiano - Seita fundada em 1934 pelo búlgaro Vitor Houteff, possui fiéis nos Estados Unidos, no Reino Unido e na Austrália. O líder da seita nos EUA, David Koresh, levou 80 seguidores ao suicídio, provocando um incêndio em um rancho próximo de Waco, no Texas, depois de resistir 51 dias a um cerco do FBI (a polícia federal norte-americana).

Ordem do Templo Solar - Constituída pelo belga Luc Jouret e pelo francês Joseph Di Mambro em 1984. Possuía pouco mais de 400 seguidores na Suíça, no Canadá e na França. Membros da seita cometeram suicídio coletivo em três ocasiões. A mais recente aconteceu em janeiro de 1997, em Québec, no Canadá, quando cinco fiéis atearam fogo à casa onde moravam e morreram queimados.

Templo do Povo - Seita evangélica criada na década de 60 nos EUA pelo norte-americano Jim Jones. Acusado de desviar fundos de seus fiéis, Jones emigrou com centenas deles para a Guiana. Em 1978 comandou o suicídio em massa de 913 seguidores.

Heaven's Gate (Portão do Céu) - Fundada nos EUA em 1972 por Marshall Applewhite e Bonnie Lu Trousdale Nettles. Em março de 1997, 39 membros se suicidaram na casa onde moravam, na Califórnia. Eles acreditavam que o cometa Hale-Bopp os levaria para um planeta no qual uma forma superior de existência os aguardava.

Aum Shinrikyo (Religião da Verdade) - Instituída em 1987 pelo japonês Shoko Asahara. Ele promete o nirvana àqueles que deixarem a família para se juntar à seita. Em 1995 é considerado responsável pelo atentado com gás sarin ocorrido no metrô de Tóquio, que provoca a morte de doze pessoas e a intoxicação de outras cinco mil.

Santo Daime - Originada nos anos 20 no Acre, fica conhecida por atrair grande número de pessoas famosas. Com cerca de 5 mil seguidores no Brasil e em alguns países da Europa, seu atual líder é Alex Polari de Alverga, ex-militante de esquerda. Nos rituais, os adeptos tomam um chá alucinógeno, conhecido como ayauhasca, que, segundo eles, os leva a fazer uma reavaliação da própria vida e a conseguir uma aproximação com Deus.

FONTE: Almanaque Abril 99

Related Posts with Thumbnails