Pesquisar este blog

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Igrejas Protestantes

LUTERANA: surge da Reforma Protestante na Alemanha no séc. XVI, com a publicação das 95 teses de Martim Lutero, em 31 de outubro de 1517. Ênfase na Liberdade Cristã e na Salvação pela Graça mediante a fé. A Bíblia, os catecismos de Lutero e a Confissão de Augsburgo são seus documentos normativos. No Brasil os luteranos chegam em 1824, sendo hoje 1,1 milhão no país e 70 milhões no mundo.

REFORMADA/CALVINISTA: surge da Reforma Protestante na Suíça no séc. XVI, com John Calvino. Ênfase no comportamento moral dos fiéis, na idéia de predestinação e na santificação para alcançar a salvação. Embora não exista uma igreja “calvinista”, sua teologia deixou marcas em todo o protestantismo. Na Suíça a igreja de Calvino tem o nome de Igreja Reformada.

ANGLICANA/EPISCOPAL: surge da cisão da Igreja inglesa com a Igreja Católica Romana em 1534. As históricas tensões políticas e o ambiente protestante da época culminaram no rompimento com Roma quando o Papa negou o pedido de anulação do casamento do rei inglês Henrique VIII. A igreja inglesa passou a conjugar elementos católicos e protestantes; tem regime episcopal, mas é independente de Roma; os ritos têm “estilo” mais católico, mas com ordem de culto e confissões próprios. Hoje são 80 milhões de anglicanos no mundo.

BATISTA: surge em 1602, na Holanda, com um grupo de dissidentes anglicanos ingleses liderados pelo pastor John Smyth. Ênfase no batismo de adultos, no livre arbítrio para aceitar ou não a salvação e no comportamento puritano dos fiéis. No século XVII, perseguições na Europa levam batistas a migrarem para os EUA, entre eles John Bunyan, autor do clássico “O Peregrino”. No Brasil chegam em 1860, sendo a 1ª Igreja fundada em 1882. Hoje são cerca de 2 milhões de fiéis no país e 70 milhões no mundo.

PRESBITERIANA: surge em 1560, na Escócia, com um grupo de anglicanos dissidentes liderados pelo pastor John Knox. Reivindicavam reformas calvinistas na igreja inglesa, com governo congregacional. A Confissão de Westminster, redigido em 1643, é sua base confessional. No Brasil a 1ª Igreja Presbiteriana surge em 1862. Foram pioneiros na distribuição de Bíblias no país. Em 1855 o casal presbiteriano Robert e Sara P. Kalley (autora do hino Fonte da celeste) fundaria a Igreja “Congregacional”. Hoje são 1 milhão de fiéis no Brasil e 45 milhões no mundo.

METODISTA: surge em 1738, na Inglaterra, com o pastor anglicano John Wesley. Ele teve a experiência mística do “coração aquecido” ao ler a explicação de Lutero sobre a Carta aos Romanos. Ênfase no estilo de vida metódico, no apelo social e na necessidade da santificação da vida como complemento ao processo de salvação por graça. Assim, o metodismo como que “fecha” o processo da Reforma Protestante, aproximando as teologias de Lutero e Calvino, e, ao mesmo tempo, “abre” a Reforma Pentecostal da igreja. O 1º missionário metodista chega ao Brasil em 1835, mas apenas em 1886 surgiria a Igreja Metodista do Brasil. Hoje há 350 mil fiéis no país, sendo 25 milhões no mundo.

Related Posts with Thumbnails