Pesquisar este blog

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Suspeito de prometer transformar jovens em "vampiros" lixava os dentes


Fonte: Folha Online

O ajudante-geral Vandeir Máximo da Silva, 27, suspeito de aliciar adolescentes de Presidente Prudente (565 km de SP) para uma seita que prometia transformá-los em "vampiros", restaurava e lixava os dentes caninos para que ficassem pontiagudos.
A constatação veio após exames preliminares da arcada dentária de Silva, feitos ontem (7) no IML (Instituto Médico Legal) da cidade, depois que ele se apresentou à polícia. Silva negou ter mordido o pescoço e bebido sangue de pelo menos 15 adolescentes, contrariando depoimentos de quatro jovens.
"Pela simetria das marcas [nos pescoços dos adolescentes], acreditávamos que ele usava próteses, mas a análise inicial da perícia derruba essa hipótese", disse o delegado Dirceu Gravina. Segundo ele, o laudo definitivo da arcada dentária ficará pronto em dez dias.
Os adolescentes também disseram que Silva tinha asas e olhos vermelhos. Segundo a polícia, ele usava lentes de contato vermelhas e tem um desvio na coluna que lembra a formação de asas. O ajudante-geral afirmou que tudo era uma brincadeira de RPG (role playing game, ou jogo de interpretação de papéis).
À polícia Silva, que se apresentava aos jovens como "Vlad Hacamia", disse ter restaurado os dentes após acidente em 1998, quando trabalhava como pedreiro em São Paulo e caiu do segundo andar de um prédio. A polícia investiga se ele cometeu os crimes de lesão corporal e aliciamento de menores.

"Rainha"

Uma mulher que estaria grávida de Silva, apontada como "rainha" do grupo, é procurada pela polícia. Uma estudante de 16 anos ouvida hoje pela polícia disse que estava sendo preparada por Silva "para dar fim ao anticristo", que seria o suposto bebê da "rainha".
"Nossos investigadores estão na rua para localizá-la ["rainha"]. Em depoimento, os jovens disseram que ela é real, mas uma das linhas de investigação é que o suposto filho seria de um relacionamento anterior dele [Silva] e a mulher estaria realmente grávida", disse Gravina.
A polícia apreendeu hoje, na casa dos pais de Silva, revistas, anotações, desenhos e fotos de literaturas sobre vampirismo e satanismo. Entre o material há fotos de bonecos de bebês com chifres e olhos vermelhos. "O material apreendido denota que, diferentemente do que ele disse, não é um iniciante na organização. Está nisso há muito tempo e age como doutrinador", afirmou Gravina.

Perfil

A investigação também busca traçar o perfil psicológico de Silva. Familiares do ajudante-geral disseram, em depoimentos, que ele tinha "comportamentos estranhos" desde criança. Aos cinco anos, conforme esses relatos, ele torturava animais domésticos, como cães e gatos. Aos 11, foi expulso da escola, onde se mantinha isolado, após "brigar com todos".
Em sua página no site de relacionamentos Orkut, Silva usa o nome "Bhansho Bhakhamyah". Afirma ser "gótico, vampirista e satanista", mas que "aceita fazer amizades com todos". Aponta "música, literatura, sangue e outras coisas" como suas paixões.

Related Posts with Thumbnails