Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Hinduístas protestam por morte de vaca 'sagrada' na Inglaterra


Fonte: BBC Brasil/G1/Notícias Cristãs

Religiosos farão uma manifestação; organização diz que vaca estava doente.

Centenas de hinduístas se revoltaram contra uma organização britânica de direitos dos animais, por alegações de que a ONG teria matado secretamente, com uma injeção letal, uma vaca considerada sagrada por eles.
Gangotri, uma vaca Jersey de 13 anos que vivia no condado de Hertfordshire, no leste da Inglaterra, foi sacrificada pela Real Sociedade para Proteção dos Animais (RSPCA, na sigla em inglês) enquanto os fiéis oravam.
"Vamos fazer um protesto pacífico contra a maneira com que Gangotri foi sacrificada. A RSPCA fez o equivalente ao seqüestro de um cidadão - vieram e tomaram a decisão de matar a vaca imediatamente", disse Vinay Tanna, porta-voz do templo hinduísta de Hertfordshire. "Se tivéssemos tido a chance, teríamos tomado medidas legais para impedir isto."
Cerca de 200 representantes do templo vão protestar em frente à sede da RSPCA, em West Sussex. Os monges hinduístas esperam ainda reunir 700 pessoas em uma cerimônia religiosa para marcar o fim do período de luto pela vaca.
Para os hinduístas as vacas são consideradas sagradas e matar uma delas ou um boi é considerado sacrilégio. Tanna disse que "a morte de uma vaca hindu no templo é muito mau agouro".

Sacrilégio

O líder da comunidade hinduísta Gauri Das afirmou que a vaca não estava bem, mas não tinha nenhuma doença e estava recebendo os cuidados dos moradores do templo e fiéis que visitavam o local.
Segundo ele, a polícia afastou os monges que estavam tratando da vaca doente, e o chefe da fazenda foi mantido distraído enquanto uma injeção letal era aplicada em Gangotri, dentro do estábulo.
O templo tem o Projeto de Proteção a Bovinos e permite que vacas e bois morram naturalmente.
Em um comunicado, a RSPCA se defendeu, dizendo que três veterinários haviam sugerido o sacrifício imediato do animal. "Sabíamos que a vaca estava sofrendo com feridas dolorosas e infeccionadas, seus membros já não tinham mais uso e ela estava com problemas respiratórios", disse a ONG.
Em julho, a morte de Shambo, um boi sagrado de um templo de Carmarthenshire que sofria de tuberculose bovina, gerou polêmica e foi destaque nos principais jornais britânicos.
Sob protestos e depois de três meses de disputa legal movida pelos monges para salvá-lo, o boi foi levado e sacrificado.

Related Posts with Thumbnails