Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Cientologia ganha fiéis no Brasil

A atendente traz um papel sulfite todo rabiscado de caneta preta, como se estivesse carregando uma prancheta médica. E com más notícias. Depois de apenas 40 segundos de análise, contados no relógio, ela diz sem rodeios que minha mente precisa rapidamente de ajuda. Me mostra, na tal folha sulfite, como meu espírito está fraco, impedindo o corpo de evoluir. Tenho falhas graves que vão da minha falta de confiança até a minha relação com os familiares. A situação é urgente, diz ela, com cara de preocupada. E apenas a Igreja da Cientologia pode me ajudar.

Adorada e perseguida com a mesma intensidade nos EUA e em diversos países da Europa, a Cientologia não sai das manchetes dos tablóides e revistas sensacionalistas desde que Tom Cruise, John Travolta, Lisa Marie Presley e diversas outras estrelas começaram a propagar as maravilhas dessa religião criada na década de 50.

São quase 10 milhões de fiéis, segundo a sua direção. A polêmica, no entanto, já começa na palavra "religião" - tribunais da Alemanha, Áustria e Holanda deram decisões nos últimos anos tachando a Cientologia de "seita gananciosa" ou "filosofia inescrupulosa". "Lavagem cerebral" também tem sido bastante usado. Isso sem falar nos boatos - Tom Cruise teria comido a placenta da sua filha, sua esposa, Katie Holmes, não pôde tomar remédios no parto, alienígenas controlam a mente das pessoas, crianças são "desassociadas" de suas famílias para integrar a trupe da Cientologia...

Apesar de todo esse burburinho, há um local onde a Cientologia cresce expressiva e silenciosamente, sem chamar atenção ou ser alvo de críticas. É ali na Rua Serra de Botucatu, uma pequena via no Tatuapé, na zona leste de São Paulo, que um sobrado com portão de ferro e pintura descascada faz as vezes de templo e atrai cada vez mais paulistanos atrás dos ensinamentos da Igreja.

Desde meados da década de 90, cerca de 15 mil pessoas já passaram pelo local e compraram ao menos uma cópia dos livros da Cientologia - são 18 títulos editados em português. Segundo a porta-voz da religião no País, Lucia Winther, a intenção agora é montar uma grande sede em São Paulo, nos moldes dos prédios luxuosos da Cientologia em Berlim, na Alemanha, e em Londres, na Inglaterra.

"Claro que queremos crescer. Apenas neste começo de ano, tivemos um aumento de 40% na procura", diz a ministra da religião no País. No começo da década de 80, depois de abandonar o curso de Medicina Veterinária, Lucia conheceu a crença nos Estados Unidos, ao entrar em uma igreja por curiosidade. Hoje, controla toda a divulgação e ampliação do grupo. "Temos livros em diversas bibliotecas da cidade, como a Mário de Andrade. Estamos agora atrás de um grande prédio para ampliar a Cientologia por aqui. Também queremos ir para o Rio. Sabemos que o Rio precisa muito de uma igreja de Cientologia. A recente infestação de dengue comprova que os cariocas não estão bem espiritualmente."

O Diário

Related Posts with Thumbnails